Conteúdo | NOTA DE REPÚDIO DA FEDERAÇÃO

NOTÍCIAS DA FEDERAÇÃO DOS TRABAÇADORES NAS INDÚSTRIAS DO VESTUÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, REPRESENTANDO TODOS OS SINDICATOS ELA FILIADOS E TODOS OS TRABALHADORES INTEGRANTES DA CATEGORIA DE VESTUÁRIOS.

Em primeiro lugar preocupa-se com os planos eleitorais vivenciados nas longas horas, a Diretoria da Federação e os Sindicatos filiados, dirige todos os seus trabalhos para manifestar-se de acordo com os princípios políticos que regem a sua vida e os interesses dos trabalhadores nas esferas Trabalhista, Previdenciária e Sociais . Além de rejeitar os discursos e projetos que visam o bem-estar social dos trabalhadores, muitos candidatos já estão comprometidos com o governo em abolir as vi- sivas de conquistas sociais no mundo do trabalho.

Manifestamos o repúdio a quaisquer projetos que tenham como base socialeconômica racista, machista, discriminadora, homofóbica, etilista e até mesmo fascista.

Já estamos cansados de viver num País onde somente a minoria prospera enquanto a maioria vive a mingua e as sobras das promessas daqueles políticos que visem somente o seu poder aquisitivo e econômico.

E que pesem profundo respeito à liberdade de expressão e as manifestações políticas – medidas, aliás, conquistadas com grande contribuição das entidades sindicais brasileira no enfrentamento aos Governos.

REPUDIAMOS QUAISQUER CANDIDATO A ELEIÇÃO que manifestem favorável ou indiferentes Reformas do Ilegítimo governo de MICHEL TEMER, tais como a Reforma Trabalhista, EC/95 (que congela investimento em saúde e Educação públicas por 20 anos), a Reforma do Ensino Médio e o Escola “Sem” Partido, as Terceirizações (agora facilitadas também no serviço público) e a Reforma da Previdência Social, que sofreu brava resistência popular, mas que ainda segue engatilhada e as escondidas da população, aguardando o termino do Processo Eleitoral.

Entendemos que todas essas medidas visam retirar direitos e garantias, precarizar salários e condições de trabalho. Facilitar privatizações, ampliar desigualdades em favor do grande capital e, por fim. Prejudicar intensamente o patrimônio e o ensino público do País.

Posponhamo-nos em total contrariedade àqueles que não se opõem com firmeza a tais propósitos, especialmente quando seu discurso vem carregado de afirmações discriminatórias que incentivam o discurso de ódio, a intolerância e a violência. Reafirmamos suas bandeiras históricas em defesas dos Trabalhadores e contra a ascensão do fascismo, FEDERAÇÃO e SINDICATOS FILIADOS alertam às Categorias Profissionais que representamos acerca dos perigos de alguns programas que, construídos ao longo do tempo por elementos há muito instalados na pequena política de interesse esguios, egoístas e corporativistas, se apresentam como o “messias” que nunca foram em suas vidas públicas, e convida os trabalhadores do Setor do Vestuário à uma reflexão critica sobre os reais interesses populares e pedagógicos dos projetos de governo que disputam cargos eletivos.

Em tempos de crise política convém resgatar uma memória que nunca é concedida com o maior sucesso e enfrentando o processo de patronato nos governos. traz, na presidência ou no parlamento, os espaços comprometidos com os domínios de classe, de raça e de gêneros.

RESISTIR É PRECISO ...

FORA REFORMA!

FORA MICHEL TEMER E SEUS COMPARSAS!

FORA DEFENSORES DO RESTROCESSO!

FACISMO NUNCA MAIS ...