Conteúdo | CONFLITOS NA ADOLESCÊNCIA

Conflitos na Adolescência

É comum que as pessoas se sintam meio perdidas durante a adolescência. Além do corpo estar passando por um verdadeiro rebuliço hormonal, elas enfrentam nesse período o dolorido processo de construção da individualidade e do caráter. Os conflitos que cercam a puberdade nada mais são do que recursos usados pelo ser humano para amadurecer. Apesar disso, essa crise ocorre, muitas vezes, no desenvolvimento de alguns transtornos psicológicos. Veja a seguir os mais comuns: transtorno do Humor: O adolescente apresenta depressão, irritabilidade, perda de interesse em suas atividades e insônia ou excesso de sono. Esses sintomas também podem ser um indicativo do uso de drogasTranstorno de Ansiedade: O indivíduo vive ansioco, o que prejudica sua vida social. Um exemplo do distúrbio é a ansiedade pela separação dos pais: o adolescente, no caso, não consegue fazer nada sem que os dois estejam juntos e por perto.Transtorno Alimentar: A Bulimia e a Anorexia são exemplos desse tipo de transtorno. Pessoas que apresentam a primeira comem compulsivamente e depois vomitam. As que têm a segunda, param simplesmente de comer.Transtorno Psicótico: É na adolescência que transtornos como a esquizofrenia(doença mental cujos sintomas são delírios, mania de perseguição, entre outros) se manifestam.Transtorno de Conduta: Caracteriza-se por comportamento repetidamente agressivo e desafiador, que extrapola a rebeldia comum da idade. Os indivíduos que sofrem de transtorno de conduta chegam a roubar, destruir coisas que não pertencem e se envolver em brigas.Vale lembrar que todos esses tipos de desvios psicológicos são graves e precisam ser tratados por médicos especializados.Fonte: Saúde Natural – Biblioteca do Conhecimento da Família.

 

EDUCAÇÃO CONTÍNUA

Os problemas dos adolescentes são antes de mais uma crónica lacuna de educação pública global de qualquer sociedade. tal com os filhos dos elefantes, quando morrem seus progenitores, estes se revoltam contra tudo e todos, também assim acontece com os adolescentes: isto é são herdeiros duma orfandade problemática por deficiente estrutura pública de ensino normalizado,. A psicologia tem um papel fundamental para apoiar professores, pais e alunos nessa tarefa gigantesca, que, quando não é bem aplicada ou desvirtuada gera terríveis efeitos contraproducentes. Adolescentes irreverentes sempre houve.